SOFTPRIME-01

Azure e Xamarin nas Olimpíadas Rio 2016

Olá pessoal só passando para transcrever um post da Softprime sobre o projeto que desenvolvemos para ser usado por uma parte da equipe de trabalho nas Olimpíadas. Atendemos com esse projeto um público de aproximadamente 4000 pessoas, imagine o total de trabalhadores na Rio 2016, foi muito Azure e Xamarin na “veia”.

Vejam abaixo a transcrição do post:

Para se realizar um evento do porte das olimpíadas Rio 2016 a aplicação de infraestrutura tecnológica de ponta é fator crítico de sucesso. Detalhes muitas vezes passam despercebidos pelos olhos do público, mas existe um verdadeiro arsenal de softwares e dispositivos que compõe um aparato gigantesco de tecnologia da informação e comunicação.

Neste cenário de alta conectividade e mobilidade, não só os eventos esportivos devem ser devidamente monitorados e controlados, mas também toda a retaguarda de trabalhadores e prestadores de serviços que anonimamente apoiam para a realização do evento. Neste sentido, a Softprime foi convidada por sua parceira MasterXP/RJ para ajudar naquilo que ela mais sabe fazer: controle de ponto eletrônico e acesso. As regras eram claras e o rigor, altíssimo: utilizar tecnologia móvel de baixo custo aliada com biometria para garantir a autenticidade das marcações de ponto para mais de 4000 funcionários.

Optamos por utilizar as tecnologias que nossa equipe já dominavam pois o fator tempo não era nosso aliado, decidimos então desenvolver nosso back-end na plataforma .Net no Windows Azure que nos possibilitou uma implantação muito rápida e nosso front-end com o Xamarin onde conseguimos implementar uma aplicação nativa integrada a um leitor biométrico conectado diretamente pela USB do dispositivo

Marcelo Paiva – Gerente de Desenvolvimento da Softprime

Vale lembrar que o produto desenvolvido pode ter aplicação em outros segmentos de mercado, pois o padrão de projeto utilizado permite a captura de marcações de ponto tanto no modo on-line (conectado a um cloud-service disponível na plataforma Azure) quanto off-line, para posterior envio ao sistema de ponto utilizado pela empresa contratante.

Hoje somos a única empresa de software no Brasil que oferece um app Android para captura de ponto utilizando um leitor biométrico externo conectado ou no celular ou no Tablet, o que reforça a nossa visão de sermos uma empresa que pensa fora da caixinha.

Romilton dos Anjos – Gerente de Projetos da Softprime

Os próximos passos da Softprime serão direcionados à levar o produto para facilitar a vida de outras empresas, aplicando as experiências adquiridas no projeto Rio 2016. Afinal, redução de tempo e aumento de performance é algo que não só os atletas querem, mas também todos os empresários das arenas corporativas.

Até a próxima.

Tags:,

Deixe um comentário