Quando fiz a migração do blog, os posts anteriores ficaram com as imagens perdidas e recebi alguns pedidos referente aos posts do XAF (Devexpress), então resolvi fazer uma reedição deles. Assim lá vai a série já com a versão mais atual do XAF.

Eu Mesmo

DEVEXPRESS XAF – INTRODUÇÃO [remake]

“Constantemente encontro com amigos que desejam criar um produto rapidamente e logo sair ganhando dinheiro. Muitos deles querem implementar algo para atender pontualmente certo mercado ou necessidade das pessoas, outros mais enfáticos planejam criar um “facebook 2″.

Sei que muitos não falam mas quando pensam também em qual ferramenta irá utilizar para criar o “inovador” produto para ficar “rico”, querem algo que lhe traga produtividade, até porque é preciso construir rapidamente antes que outro em algum lugar no mundo crie algo parecido.

Vou então fazer hoje uma sugestão de ferramenta e ainda fazer uma pequena introdução sobre ela, no entanto vou dizendo logo que é uma ferramenta paga, sei que praticamente todo mundo na área de desenvolvimento sai da faculdade querendo ter acesso a todas ferramentas gratuitamente, melhor dizendo, pensando assim: “quero usar somente produtos e ferramentas gratuitas e todo que eu fizer com elas vou cobrar”. Não vou entrar muito no mérito da questão pois seria outro post.

O que é bom destacar aqui é o fato de que você precisa antes de empreender qualquer negócio, pode ser ele uma loja de roupas e também a criação de um software, avaliar o investimento necessário é de fundamental importância. Assim como ao abrir uma loja você deverá investir, este mesmo raciocínio serve no momento de criar um produto.

Neste cenário sei que muitos procuram alguma ferramenta de geração de código/produto, eu particularmente no meu histórico profissional já me deparei com algumas como: Genexus (http://www.genexus.com/global/inicio?pt), GAS (http://www.gasweb.com.br), Maker (http://www.softwell.com.br). No entanto hoje estou usando em alguns projetos o XAF (http://www.devexpress.com/Products/NET/Application_Framework/) da Devexpress.

Sei perfeitamente que o XAF não atende em alguns casos e também pode não ser o melhor para algumas pessoas, mas tenho certeza que está atendendo nossa empresa em projetos importantes e trazendo uma produtividade sem igual.

Antes de começar a mostrar um pouco sobre ele, você pode baixar uma versão Trial no link:http://www.devexpress.com/Home/Try.xml

Vamos ao nosso “inovador” cadastro de pessoas usando o XAF. Estamos utilizando o Visual Studio 2015 e após instalar o produto são inseridos vários templates de projetos, dentre eles um grupo do Devexpress XAF que apresenta a tela abaixo (clique para ampliar).

Xaf1_1

Já nas versões anteriores após selecionar o projeto XAF, o framework apresenta um wizard para selecionarmos basicamente os itens: Target plataforms, ORM, Security e Modules Extras. Vamos selecionar apenas as opções básicas com o ORM XPO (Devexpress) para nosso exemplo mais básico, tudo isso de acordo com a sequência abaixo:

Xaf1_2 Xaf1_3

Xaf1_4 Xaf1_5

Criamos um projeto simples chamado “CadastroPessoas” e definindo que nossa aplicação tenha uma interface Windows e Web ao mesmo tempo.

Veja como fica a solução no VS2015, podemos perceber que o XAF trabalha de forma modular no entanto não se preocupe com os detalhes agora.

Xaf1_6

A ideia da ferramenta é que você se preocupe com as regras de negócio e ela cuida dos demais detalhes, então  vamos logo criar uma definição de objeto de negócio chamada “Pessoa”. Vamos fazer isso no projeto “CadastroPessoas.Module” na pasta “BusinessObjects” de acordo com a tela abaixo.

Xaf1_7

Iremos incluir algumas propriedades básicas como Nome, Endereço e Telefone para nossa Classe de negócio de acordo com a tela a seguir.

Xaf1_8

Com isso você já pode executar sua aplicação e poderá fazer o cadastramento das pessoas.

Xaf1_9

Bom aí você poderá me perguntar que “mágica” é essa?  Onde está sendo persistido os objetos ??

Sei que já temos até aqui algumas perguntas interessantes, então vamos apresentando algumas considerações sobre o “jeito” de pensar do XAF.

1 – Por default o XAF irá usar o SQL ‘LocalDB’ com sua instância padrão e vai criar automaticamente um banco de dados com o nome da solução.

Xaf1_10

2 – Ele cria uma interface padrão de navegação usando (é claro) os componentes do DevExpress que pode ser customizado.

3 – Como ele trabalha de forma modular, neste momento são incluídos somente os módulos básicos. No entanto podemos incluir validações, controle de aparência, relatórios e gráficos.

Vamos criar outros posts cada módulo separadamente incrementando nosso projeto “inovador”.

Espero que você possa entender mais sobre o XAF e considerar o uso desta poderosa ferramenta.

Até mais!

Tags:,

Deixe um comentário